História do Curso

Esta é uma página reservada para valorização de nosso curso de Letras.  Ele tem uma bela história, uma tradição de 55 anos; um orgulho para todos nós da comunidade acadêmica e também dos Campos Gerais. Por isso, a proposta aqui e valorizar essa história com vistas a uma projeção e valorização ainda maior de nosso curso.

  *************

HISTÓRICO DO CURSO DE LETRAS

O Curso de Letras, sob a denominação de Bacharelado em Letras Neolatinas, foi criado concomitantemente com os cursos de Bacharelado em Geografia e História e Bacharelado em Matemática, como componentes da Faculdade Estadual de Filosofia, Ciências e Letras de Ponta Grossa, através do Decreto no. 8.837, de 08 de novembro de 1949, assinado pelo então Governador do Estado Moisés Lupion. A instalação oficial da Faculdade e de seus cursos deu-se em sessão solene levada a efeito no salão nobre do Colégio Estadual Regente Feijó, com a presença de vinte e uma personalidades da comunidade ponta-grossense.

A primeira turma de dezoito (18) Bacharéis, constituída de dez (10) mulheres e oito (8) homens, foi graduada em 13 de dezembro de 1952, no Cine Teatro Ópera. Desses 18, nove (9) mulheres e sete (7) homens, em 10 de março de 1954, já no Salão Nobre das Faculdades, atual grande Auditório do Bloco A do campus central, receberam o grau de Licenciados por terem concluído o curso de Didática, correspondente à atual Licenciatura.

O Departamento de Letras Vernáculas foi criado em 1993, com o desmembramento do histórico Departamento de Letras em dois: Departamento de Letras Vernáculas e Departamento de Línguas Estrangeiras Modernas. O Departamento de Letras foi criado em 1963, muito embora o Curso de Letras tenha sido fundado em 1949 com a instalação da primeira instituição de ensino superior em Ponta Grossa: a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras.

Muito embora o Centro de Publicações da UEPG somente tenha sido criado em janeiro de 1992, o Departamento de Letras Vernáculas é pioneiro na criação e na valorização de um espaço de divulgação da produção científica com a publicação ininterrupta da revista UNILETRAS. Esta revista foi criada em 1979, com periodicidade anual, e está em sua 36a. edição. A UNILETRAS tem por objetivo disseminar a produção científica e cultural na área de Letras (Lingüística, Filologia e Literatura) dos integrantes do respectivo departamento, aceitando também trabalhos de outras instituições de ensino, bem como, eventualmente, trabalhos de áreas afins (História, Filosofia, Educação). Sua circulação se dá em âmbito nacional e internacional. Paralelamente à UNILETRAS, desde 1995, circula a Revista Publicatio, em três volumes anuais, sendo um deles destinado aos ensaios vinculados ao Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes. Os professores do Departamento de Letras Vernáculas também têm participado desse periódico, além de estarem divulgando seus trabalhos em outras revistas e livros especializados.

Deixe uma resposta